6.10.2014

Novidade Quente!! Unhas de Fibra de vidro, Ja ouviram falar???

Já tem um certo tempo que existem essas unhas no mercado. Agora que as pessoas estão aprimorando suas técnicas. As Unhas de fibra foi originada nos Estados Unidos por volta de 1987.
Mas agora que a técnica de Unhas de fibra de VIDRO tomou forma.
(Estou louca para testar). Elas estão sendo recomendadas por Dermatologistas no mundo todo, pois não estraga unha original , como certas técnicas por ai que faz um grande estrago por causa da cola Ex: Acrigel, Posticas e etc.
No Brasil a técnica não é muito conhecida AINDA, mas aqui nos E.U.A já é 'febre'. A técnica tem como objetivo alongar a unhas sem precisar de cola. No kit de matérias para profissionais contem um produto que se chama-se "PREP" que protege as unhas de fungos e outras doenças.
Depois de muitas pesquisas, decidi comprar meu próprio kit (Que não foi barato). Tanto aqui como no Brasil os preços são praticamente os mesmos. "Mao de obra nos Estados Unidos é cara".

Essa imagem é umas das primeiras etapas para o resultado final.





















Esse é o resultado final pessoal! Acredite se quiser NÃO USOU COLA!













Eu particularmente acho que foi uma bela salvação para aquelas meninas (como eu). Não conseguem deixar a unha crescer. E para melhorar ela dura ate 40 dias!
O resultado final é incrível como vocês podem ver fica muito natural e nem precisa usar esmalte basta uma base e também ela e resistente a acetona da para trocar de esmaltes quantas vezes quiser. 
O meu kit chega em breve, quem gostou quiser que eu post o resultado na minha unha da um curtir na Fanpage do facebook e no post sobre esse assunto que eu vou estar  disponibilizando para vocês la!.
Para curtir click no link FANPAGE no Menu  aqui em cima do blog e me siga no Instagram :@larissafblogueira e Twitter:@angels_reals.
Espero que tenham gostado para mais informacoes e sugestoes deixe seus comentarios em "CONTATO" aqui em cima e Vlw.

Beijooos.

                                                                                                                                 (Texto: Larissa F.)  
                                                                                                                                 







Nenhum comentário:

Postar um comentário